Sinfonia desta metrópole

são paulo sp

 

Continuando com o mote histórico, falarei desta cidade que vivo (esse negócio de feriado nacional meche com a gente!).

O centro velho da cidade de São Paulo. Outra denominação que é recorrente ouvirmos. Eu, mineira que sou não compreendo este título. A cidade cresceu é um fato, mas, além disso, modificou seu centro? Existe um novo centro?

Entendo que com a expansão metropolitana foram criados o centro financeiro, centro empresarial, bairro industrial e até o centro expandido (outro conceito que queria esclarecer). Seria o caso de chamar a Praça da Sé e seus arredores de centro histórico da cidade? Talvez, mas velho? Principalmente agora com a revitalização do bairro, tudo bem, novas as construções não são, mas velho! Provavelmente é só uma frescura de uma historiadora, mas continuemos essa elucubração!

Sobre o “centro expandido”, no qual determinados carros não podem rodar nos horários de pico por causa do rodízio, busquei no site da prefeitura qual é a área que abrange e surpreendi-me com o tamanho da região. Quase toda São Paulo! Entre as marginais Pinheiros e Tietê, avenida Salim Farah Maluf, av. Luiz L. de Anhaia Mello, av D. Affonso Taunay e av. dos Bandeirantes. Resumindo, porque não dizer que não podemos rodar na cidade toda? Para que criar este título contraditório? Para que a idéia de ser proibido de usar seu próprio carro seja menos frustrante?

Deixe-me voltar a culpar o Estado! Se o transporte público fosse melhor, com mais veículos, trajetos mais abrangentes, ou mais planejados, a quantidade de carros diminuiria. As pessoas preferem usar seus carros, pois as condições dos ônibus, lotações e demais meios de transporte público estão deixando a desejar. A malha metroviária não chega nem perto de satisfazer a demanda da população. Quem sabe assim o problema da poluição e do transito não melhoraria também, não é mesmo?

Infelizmente, existem muitos interesses em jogo. E esta situação é vantajosa para alguém (ou um grupo).

E voltamos ao post anterior!

2 thoughts on “Sinfonia desta metrópole

  1. Fernando diz:

    Oi Helô. O Centro Velho corresponde à parte mais antiga da cidade, até o século XIX. Com a ocupação da área após o Anhangabaú (perto do atual Teatro Municipal), começa a expansão da cidade, daí o termo Centro Novo.
    Com o crescimento da cidade, os dois centros viraram Centro Histórico e agora, com o crescimento absurdo, tudo virou Centro Expandido. Veja o mapa:

    Toda zona norte, parte considerável da zonas oeste e leste e quase toda zona sul estão fora do Centro Expandido. Há muito da cidade que é desconhecido…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s