A pedra

obelix

São tantas informações no mundo, tantas vozes, tantas opiniões, tantas formas de divulgar idéias. Para formarmos nossa opinião, é necessário ouvir essa gritaria que a mídia nos promove? De fato, precisamos saber filtrar, e filtramos. Uma questão que fica é só escutamos aquilo que queremos?

Conseguimos distinguir e assimilar símbolos a partir do momento que os conhecemos, não será a mesma coisa com as informações. Selecionamos o que gostamos, concordamos e continuamos num círculo vicioso e repetitivo dentro do nosso próprio universo?

Seria triste de viver assim, sem a oportunidade de mudar de opinião, de aprender algo novo, de discutir e convencer outra pessoa, ou ainda, conversar e chegar a uma terceira idéia. Forma-se um outro problema: quem está disposto a esta difícil tarefa? Ouvir é uma ação complexa e exprimir-se outra. Manter essa atitude é um processo árduo, mas necessário.

Quem disse que seria fácil? Lembrando Coldplay “nobody said it’d be that hard”. Aprendemos a partir das dificuldades, o resultado final e pronto de nada adianta. O interessante é o caminho e “no meio do caminho tinha uma pedra”, o que fazer com ela? Uma resposta que cada um constrói a sua maneira.

E a sua qual é?

 

3 thoughts on “A pedra

  1. erica diz:

    Então, quando a gente muda de idéia é que apareceu um estimulo novo, daí concordamos com ele ou não e voltamos para o ciclo vicioso de nossas opiniões, não?
    Penso que quando a gente olha as coisas, ou a gente introjeta ou a gente ignora. No fim a gente só absorve o que faz sentido pra gente…

    Menina, entrei aqui hoje e já tinha milhões de posts…nem consigo acompanhar direito…rs

    Bjao

  2. David diz:

    A pedra é uma coisa realmente interessante. É, como poderia eu arriscar em meu vocabulário caetaneoso. é a consubstansiação de tudo aquilo que atormenta, interfere ou se apresenta diante de nós e que nos exige tempo e paciência para contorná-lo.
    E contornar não é só dar a volta por qualquer que seja o lado da pedra. Pode significar tirá-la do lugar, desmanchá-la ou até mesmo colocá-la no bolso e carregar consigo!
    Nosso querido Obelix – em sua melhor forma nesta foto – não só transmite confiança em relação à sua pedra como também a resolveu carregar! E olha que não é uma pedrinha qualquer. Aliás, se ele me ouvisse iria gritar a larga voz:”NÁO É PEDRA, É UM MENIR!”. Ou seja, será que existe prova mais substanciosa de que a pedra é exatamente aquilo que interpretamos ou queremos dela?

    Sou fã do Obelix, ainda mais porque ele transmite não só essa confiança em relação ao Menir, mas também porque ele não se incomoda em carregá-lo! Porém, o mais interessante dessa figura é que ele poderia quebrar o Menir da forma que desejasse, dada a sua força mágica propciada pela Poção do druida Panoramix. Realmente fantástica construção deste personagem. Digníssima da mais criativa releitura mitológica, não é mesmo?

    Beijão Lô, brigado pela possibilidade de deixar a gente divagar(seu caso) e viajar na batatinha(meu caso) aqui junto com você!(rs)

  3. Meus queridos!
    como é bom vê-lo (ou lê-los) por aqui!
    Viu, Érica, esses dias quem não pôde postar fui eu! risos
    Ou será que eu estava evitando…
    Divagações às parte, acho a vida algo muito multiplo e que demanda o contato com o outro para termos mais noção da realidade, do mundo ou de nós mesmos… por isso, estou adorando estas discussões que estamos fazendo aqui.
    Cada um na sua possibilidade de tempo.
    Ah, Davizão, quando quiser pode usar maionese também na batatinha! rsrs Afinal, adoro o Obelix também e o que seria dele sem os javalis ou os romanos… temperos que não podem faltar…risos
    beijão pra vcs!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s