Cicatrizes da vida

Raio

Na vida aprendemos milhares de coisas e dizem que nem usamos grande parte do nosso cérebro. Provavelmente isto é bem verdade, afinal há momentos que nos pegamos fazendo certas atitudes de tal forma estúpidas que chegam a ser irritantes. Obviamente, somos levados por impulsos, por sentimentos, ou seja lá pelo que for, mas o fato é que de vez em quando cometemos as nossas ‘panaquices’. Com isso, ganhamos cicatrizes. E era sobre isso que eu pensava.

Há também aquelas marcas que nós escolhemos para nossa vida, como piercings ou tatuagens, significam algo para nós e revelam de alguma forma nosso senso de estética, nossos símbolos e etc. E temos aquelas outras cicatrizes, as que não escolhemos, pelo menos não racionalmente. Causadas por pequenas desatenções domesticas ou acidentes mais complexos, estas marotas ficam conosco para o resto de nossas vidas. Ah, claro. Podemos fazer cirurgia plástica, que até camufla bem a tal marca, mas bem ou mal ela permanece seja como apenas um sinal ou mesmo uma sensação em nossa pele.

E para que apagá-la? Pergunto eu. Sei que existem marcas que dificultam as pessoas de conseguirem empregos, mas a marca maior e mais profunda é aquela que não está no corpo, mas sim na sua experiência de vida. Daí esta… hummm… Esta ainda é mais fácil camuflar aos olhos dos outros, mas nunca sairá de nós. E de fato nem precisa ser disfarçadas. Tais sinais simbolizam nada mais que um processo pelo qual passamos e do qual trouxemos uma bagagem (para doar, arrumar ou simplesmente lavar e guardar).

Não começamos do zero. Existiu sempre algo anterior e da mesma forma, haverá o novo, o reinventado.

E o que fazemos com nossa bagagem é nossa escolha. Cada vez mais, acredito que precisamos apenas de uma muda de roupa, um kit higiene pessoal e sapatos. Resumindo, a vida é simples, nós é a complicamos mais do que o necessário. Como disse outro dia uma professora “precisamos parar de gastar o tempo complicando as coisas simples e usá-lo pensando”. Mas as vezes só aprendemos na marra,  e precisamos das marcas para nos lembrar e aprender, até mesmo a não esquecer.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s