Tempo

Coelho - Alice

“Tempo, tempo, tempo, mano velho

Vai, vai, vai, vai, vai, vai
Tempo amigo seja legal”

Pato Fu, meus conterrâneos queridos, obrigada por me falar do tempo. Este é um assunto, um sujeito muito interessante. Precisamos cada vez mais dele, e sabemos gradativamente menos sobre o mesmo. O Coelho de Alice não estava “de bem” com o tempo, por isso corria tanto. Será que não precisamos ser amigos do tempo novamente?

Com toda essa pressão de produzir mais e mais rapidamente para termos mais lucro, para chegarmos antes, para sermos mais bem sucessidos, esquecemos da nossa humanidade. Deixamos de lado nosso tempo pessoal, nem mais lembramos que cada um tem seu ritmo, e nos frustramos quando não fazemos tão facilmente ou agilmente quanto esta ou aquela pessoa.

O tempo também nos ensina e muito. Ansiosos que somos pelos resultados, não aproveitamos o tempo, como faríamos com um amigo. Os dias passam rápido demais e nem vemos, ou quando esperamos aquela resposta ou aquele telefonema, aí as horas se transformam em dias. Ah, o Tempo brinca conosco. E nós só o maldizemos.

Obrigado ao Tempo, por ter me feito aprender tanto!

Desculpas também lhe devo, afinal, se não estou na correria, estou fazendo o tempo passar. Da mesma forma que faria com uma visita indesejada em minha casa.

Será que sou a única a maltratar o tempo?

3 thoughts on “Tempo

  1. Há muito tempo desisti de usar relógio no pulso. É o impulso de utilidade que nos mantém escravos do tempo. Lembro-me sempre de uma música do titãs que diz: “Tenho tempo pra gastar, tenho tempo pra passar a hora, tenho tempo pra desperdiçar, tenho tempo pra jogar fora”
    Não quero passar a vida dormindo, mas planejar demais o tempo é o verdadeiro desperdício. Somente quem não é escravo do relógio consegue apreciar uma refeição italiana ou mineira em 3 horas, ao invés de um big mac em 7 minutos…

  2. rasputin diz:

    dizem q ao passar dos anos, parece q a vida passa mais rápido pq vc se acostuma com o fato do tempo passar… Um problema do ser humano é visualisar o tempo como um fator limitante, mas achar q pode dar um jeitinho, logo ñ lidamos com o tempo em si, mas sim com nossa falta de paciencia ligada a nossa inexperiencia de ñ sabir o tempo ( na noção de momento) certo de agir… vc n aprende com o tempo, aprende com vc, o tempo simplesmente passa, mas vc amadurece, e isso eh bom!

  3. Erica diz:

    O tempo brinca com a gente ou a gente brinca com ele?
    Sabe o que há de errado? A gente leva tudo muito à sério!
    A gente (humanidade) nao sabe mais brincar! hehehe
    Até pra se descontrair tem tempo, tem limite e tem hora certa.

    Mas o tempo é amigo! Não há dúvida disso!😉

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s