Todas as coisas mais belas do mundo

A beleza está presente sim, em tudo, e mais, em todos. Eu vivo num mundo cor-de-rosa? Pode até ser, mas tenho aprendido que toda beleza tem seu outro lado. Nada é tão fabuloso que não tenha uma desvantagem. Ninguém é tão belo sem ter uma unha encravada. A perfeição em um aspecto carrega um defeito em outro. É o ciclo da vida, das coisas, da própria necessidade do homem de se juntar a outros. Ou seja, sem estas tais imperfeições seriamos ermitãos, solitários.

Serve como experiência de vida? Acredito que em alguns momentos da vida realmente precisamos de um lugar para refletir, ficar em silêncio (ou ouvir uma boa música), entrar em transe conosco. Entrar em contato consigo mesmo, não ouvir nada além de seus pensamentos. E o mais importante: ter sua velocidade reduzida. Diminuir a marcha e aproveitar o tempo de inspirar e expirar.

É pedir muito? Também acho que não.

No entanto, depois de um momento de ermitão, humanos precisam de outros humanos (ou ao menos eu preciso). Por isso, voltamos à sinfonia da vida, mil sons, corações palpitando de emoção, tilintares e tudo mais. Entrar em contato com outros imperfeitos como nós, aceita-los… e assim, quem sabe eles nos aceitam também. E vivemos felizes, não para sempre pois somos mortais (rsrs).

Hoje eu faço um brinde às coisas feias do mundo, afinal sem elas… o que seria de nós?

Cheers for my ugly toes!

About these ads

One thought on “Todas as coisas mais belas do mundo

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s